Há mais de 08 anos sendo sua maior e melhor fonte sobre Jamie Dornan na América Latina

Arquivo de 'Heart Of Stone'



Heart of Stone: Começam as gravações do novo thriller da Netflix estrelado por Jamie Dornan e Gal Gadot.
09
03
22
postado por JDBR

Val Senales como um grande palco de cinema
Gal Gadot como agente secreta em Schnals. E porque o vale é considerado a meca para filmes de qualquer maneira.


Michael Andres – 01.03. 2022

Val Senales – Cenas de ação em pistas de esqui, tiroteios no hotel mais alto da Europa, um agente secreto e espionagem: e bem no meio dele, o Vale Schnalstal. O que exatamente será o novo filme da Netflix “Heart of Stone” ainda é uma coisa secreta na forma de bom agente. Mas uma coisa é certa: Schnals terá um papel importante nisso. O agente, James Bond como uma mulher, por assim dizer, encarna a estrela de Hollywood Gal Gadot. A atriz israelense já apareceu em filmes como “Velozes & Furiosos”, “Cavaleiro e Dia” e o atual longa-metragem “Morte no Nilo”. Ela é mais conhecida como “Mulher Maravilha”. Ela assumiu esse papel em 2016 na adaptação dos quadrinhos “Batman vs Superman: Dawn of Justice” e um ano depois no filme de mesmo nome “Mulher Maravilha”. Em 2020, a sequência “Mulher Maravilha 1984” seguiu-se, onde ela também trabalhou como produtora pela primeira vez. De acordo com relatos na Internet, o israelense de 36 anos recebe uma taxa de cerca de 12 milhões de dólares por “Coração de Pedra”. Há também outra estrela de Hollywood, ninguém menos que Jamie Dornan, que interpreta o papel de Christian Grey em “Cinquenta Tons de Cinza”.

MUITO ESFORÇO


A produção da Netflix “Heart of Stone” é considerada uma “produção de grande orçamento”. Não admira que o esforço seja enorme. Cerca de 500 cineastas estarão em Val Senales de março a abril para filmagens. “Os Schnals conseguiram, assim, um golpe real”, diz Manfred Waldner, diretor da Cooperativa de Turismo Schnalstal. O filme não recebe nenhuma contribuição da Província do Tirol do Sul ou do IDM Film Funding “todas as despesas são financiadas independentemente pela Netflix”, enfatiza.
Tudo começou no verão de 2021. Em junho, houve primeiras consultas para esta produção. “Então o maquinário começou a rodar, por assim dizer”, diz Waldner em entrevista ao Vinschger. Várias condições tiveram que ser atendidas. Entre outras coisas, para as cenas de ação na neve. Além disso, um hotel na montanha era outra exigência. “Aqui, é claro, estamos bem equipados com os elevadores da geleira Schnalstal”, diz Waldner.


VALOR AGREGADO DIRETO E GRANDE PUBLICIDADE


O pedido foi repassado à Alpin Arena Schnals e negociado em conjunto com os cineastas. “Podemos atender os requisitos de forma ideal e estávamos em uma boa posição de negociação”, diz Stefan Hütter, gerente de marketing da Alpin Arena Schnals. Muito se espera da produção. “O efeito publicitário para todo o vale será enorme”, diz Hütter. Além disso, para o Vinschgau e todo o Tirol do Sul, um efeito publicitário sustentável está novamente emergindo. Na própria estação de esqui, as encostas e elevadores permanecem abertos durante este período, já que as filmagens ocorrem principalmente à noite.
“Além do efeito publicitário sustentável, a Schnals e a Naturns podem esperar por valor agregado direto”, acrescenta Waldner. É claro que as cerca de 500 pessoas envolvidas na produção também devem ser acomodadas em algum lugar. “Por exemplo, organizamos acomodações em cooperação com a cooperativa de turismo Naturns”, diz Waldner. Esta é uma fonte ideal de renda para o turismo. O chamado “Basecamp” também está localizado na prefeitura de Naturno.
SCHNALS COMO UM IMPORTANTE “JOGADOR” NA INDÚSTRIA CINEMATOGRÁFICA
Mas o filme da Netflix é apenas mais um negócio de na Meca de Schnals. “Estamos desenvolvendo habilidades valiosas no ramo cinematográfico aqui há décadas”, diz Waldner, que atua como diretor de turismo há 17 anos. Tudo começou com a descoberta de Ötzi em 1991. Numerosas emissoras de TV internacionais eram convidadas para esse lugar da moda mundial naquela época. Nos anos seguintes, sempre houve pedidos de documentários, mas também para produções de longas-metragens. Um escritório de coordenação da cooperativa de turismo foi criado em 2008.
“Sabemos o que é preciso para uma produção cinematográfica na montanha, temos contatos valiosos e trabalhamos em conjunto com várias instituições”, explica Waldner. Desde os elevadores da geleira Schnalstal, o escalada de montanhas e a Co. até fornecedores e mentes criativas, como o proprietário da cabana Paul Grüner, surgiu uma “rede de filmes” Schnalser. Eles fizeram um nome para si mesmos na indústria cinematográfica e agora podem fazer exigências sobre os próprios produtores. A cooperação com o IDM Film Fund & Commission South Tyrol também faz um bom trabalho.

DO VALE ESCURO PARA HOLLYWOOD


Devido às inúmeras produções, Waldner e Co. estão agora bem conectados na indústria cinematográfica. A participação em estreias em importantes festivais de cinema como Cannes, Berlim, Veneza ou Locarno é padrão para o Schnalser. “Mas, claro, esses festivais são sempre um destaque absoluto. Já na Páscoa é hora novamente em Roma”, diz Waldner. Em seguida, o filme “Ninho de Tigre” comemora sua estreia. A produção italiana é ambientada principalmente no Himalaia. Para as filmagens em Val Senales, uma ponte de suspensão tibetana foi até reconstruída.


O quão popular o vale se tornou com os produtores de cinema há anos é mostrado por um olhar para o “Schnalser Filmografie”, que Waldner orgulhosamente apresenta. O diretor de turismo selecionou inúmeros pôsteres de filmes famosos para este fim. “Das finstere Tal” com Tobias Moretti, por exemplo, é considerado uma das produções austríacas-alemãs bem-sucedidas. A mistura de gênero do filme ocidental e nacional estreou no Festival Internacional de Cinema de Berlim em 10 de fevereiro de 2014. Bayerischer Rundfunk descreveu o filme como um “grandioso, atmosférico, violento drama de suspense ocidental”. Um “enorme faroeste de neve, filmado no gelado Val Senales no Tirol do Sul”, escreveu o Tagesspiegel. Em 2017, “Der Mann aus dem Eis” (“Iceman”) foi lançado com Jürgen Vogel no papel principal como Ötzi. O filme de aventura alemão-italiano-austríaco foi indicado para melhor maquiagem no German Film Award 2018.


Para o blockbuster hollywoodiano “Everest”, estrelas como Jake Gyllenhaal, Keira Knightley, Jason Clarke, Emily Watson e uma série de outros nomes conhecidos de Hollywood estavam em Schnals. A partir do final de janeiro de 2014, a área glaciar serviu de pano de fundo para o drama do Everest por cerca de cinco semanas. Para o filme “Sibéria” (2020), Willem Dafoe, entre outros, ficou em Val Senales.
Outros filmes conhecidos são “Manaslu – um retrato vital de Hans Kammerlander” (2018), o thriller italiano “Il testemugno invisibile” (também 2018), o filme de guerra “L’amore e la guerra” (2007), o drama musical português “Amalia” (2008) e, claro, inúmeros documentários de TV, não apenas sobre Ötzi. O vale também serve de pano de fundo para clipes de música e comerciais. O vídeo do rapper italiano J-Ax para a música “Intro – feat. Bianca Atzei”, por exemplo, foi clicada mais de 90 milhões de vezes no Youtube. Mostra a traseira de Val Senales. Comerciais elaborados como o Pocket Coffee da Ferrero também foram filmados em Schnals.


RELAÇÕES AMIGÁVEIS


Enquanto isso, relações amigáveis foram estabelecidas com as próprias pessoas do cinema, como enfatiza Waldner. “Eles sempre gostam de vir aqui e apreciar nosso vale”, enfatiza o diretor de turismo. A coordenação das produções cinematográficas trabalha em conjunto com os cineastas desde o primeiro pedido até a estreia, incluindo comunicação. “Também podemos responder de forma otimizada às condições e desejos dos produtores”, explica. Seja cenas de helicóptero na geleira, mudanças de plano de curto prazo ou muito mais, Schnals torna possível. “Uma coisa que aprendi nos últimos anos na indústria cinematográfica: não funciona, não existe”, enfatiza o diretor de turismo.

Fonte: Der Vinschger

Uma semana após a exibição da matéria no portal Italiano, a atriz Gal Gadot e seu marido o produtor, Jaron Varsano, compartilharam em seus respectivos instagram fotos do início das gravações.

error: Content is protected !!