logo
Sejam bem vindos ao Jamie Dornan Brasil, sua principal fonte de notícias sobre o ator Jamie Dornan – mais conhecido pel oseu papel de Grey, em Cinquenta Tons de Cinza – no país. Aqui você encontrara informações sobre seus últimos projetos, entrevistas traduzidos, uma galeria refleta de fotos e muito mais. Não somos o Jamie e não possuímos qualquer contato com o mesmo. Não temos contato com seu agente, amigos ou familiares. Site de fãs para fãs, sem fins lucrativos. Todo o conteúdo encontrato neste site pertence ao JDBR até que seja mostrado ao contrário. Aproveite todo o conteudo disponível e volte sempre!

Compartilharemos por meio desse post, anotações exclusivas da Produção de Belfast que nos foram enviadas. Pedimos por favor, que caso venham a usar essas anotações em suas respectivas páginas nos dêem os devidos créditos.

‘Belfast é uma cidade de histórias,’ conta Branagh ‘e no final dos anos 60 passou por um período incrivelmente tumultuoso de sua história, muito dramático, por vezes violento, que minha família e eu estivemos presos. Levei cinquenta anos para achar a forma correta para escrever sobre – esse período -, para encontrar o tom que eu queria. Pode levar muitos anos para você entender o quão simples as coisas possam ser e encontrar essa perspectiva, anos depois, dando um grande foco.’

Para a escolha do elenco adulto, o primeiro requerimento de Branagh foi ter um alto nível de autenticidade. ‘Caitríona Balfe, quem interpreta Ma, é irlandesa, mas cresceu mais próxima da costa e tem um conhecimento do país e da vida extensa de uma família irlandesa’, comenta Ken. ‘Jamie Dornan, que interpreta Pa, é um verdadeiro garoto de Belfast, dos arredores de Belfast.’

‘Ela é uma personagem maravilhosa e complexa,’ conta Catríona Balfe. ‘Ela é a chefona em seu próprio domínio e uma força a ser mensurada em sua pequena comunidade. Ela consegue lidar com a maioria das coisas, mas ela tem suas limitações porque ela tem dificuldade de ver além desse pequeno caminho que ela conhece tão bem e o fato de que grandes mudanças estão acontecendo em seu mundo a faz ter muito medo.’

‘Ele é uma boa pessoa, tentando fazer a coisa certa por sua família em tempos difíceis,’ diz Jamie Dornan. ‘E por ser daquela área, eu sei o que é ser um homem de Belfast. Eu o reconheci assim que eu li o roteiro. Em Belfast, é possível viver com medo, mas também encontrar felicidade e riso em quase toda situação. Essa é uma coisa coisas que eu amei em cada minuto durante a gravação desse filme, o particular senso de humor de Belfast não apenas permanente no roteiro, mas também sua presença em todos os momentos entre o elenco e a equipe. Tem sido uma alegria.’

Qual foi o primeiro filme que vocês assistiram no cinema?

JAMIE DORNAN:Nós costumávamos ir em família, como a família de Buddy. Meu pai era um grande fã de Steve
Martin e um dos primeiros filmes que eu me lembro é Father of the Bride. A última ida ao cinema que fomos em família foi para assistir Father of the Bride 2.

CAITRÍONA BALFE: Nós tínhamos que passar por duas cidades para chegar ao cinema mais próximo, então foi uma grande coisa aos 18. Eu lembro de assistir All Dogs Go To Heaven e lembro dos bombons de limão e morango que você podia comprar no cinema.

Qual foi o seu brinquedo favorito?

JAMIE DORNAN: Meu brinquedo favorito nem era meu, na verdade. Meu primo tinha um triciclo que eu queria muito. Eventualmente ele cresceu e -o brinquedo- ficou pra mim. Eu fiquei muito feliz!

CAITRÍONA BALFE: Eu tinha um Kermit, o sapo, e um Urso Fozzie, e eu arrastava eles por todo canto em um carrinho de bebê pequeno com uma capa vermelha e branca.

Qual foi a coisa mais sapeca que vocês fizeram quando eram crianças?

JAMIE DORNAN: Nós costumávamos correr ao longo da rua pelo jardins dos fundos das pessoas. Agora eu consigo ver o quão aquilo devia ser irritante, mas nós achávamos muito divertido.

CAITRÍONA BALFE: Eu era uma criança bem sapeca. Eu amava brincar com meu irmão mais novo e um dia eu levantei ele do berço que ele estava dormindo e balancei ele em uma cadeira, mas ele caiu de cabeça. Não teve nem um dano duradouro e eu consegui convencer a minha mãe que eu tinha pegado ele do berço para fazê-lo parar de chorar.


Notícia postado por Thici Castelo
error: Content is protected !!