logo
Sejam bem vindos ao Jamie Dornan Brasil, sua principal fonte de notícias sobre o ator Jamie Dornan – mais conhecido pel oseu papel de Grey, em Cinquenta Tons de Cinza – no país. Aqui você encontrara informações sobre seus últimos projetos, entrevistas traduzidos, uma galeria refleta de fotos e muito mais. Não somos o Jamie e não possuímos qualquer contato com o mesmo. Não temos contato com seu agente, amigos ou familiares. Site de fãs para fãs, sem fins lucrativos. Todo o conteúdo encontrato neste site pertence ao JDBR até que seja mostrado ao contrário. Aproveite todo o conteudo disponível e volte sempre!

Los Angeles – Desconhecido para muitos, o ex-astro de “Cinquenta Tons de Cinza” Jamie Dornan também tem um lado cômico.

Ele o exibiu pela primeira vez em “Wild Mountain Thyme” como Anthony Reilly e está de volta como o capanga apaixonado Edgar Paget no filme de comédia de Josh Greenbaum “Barb e Star Go to Vista Del Mar.

O filme conta a história de duas melhores amigas do meio-oeste, Barb e Star, de meia-idade, que optam por deixar sua pequena cidade de Small Rock, Nebraska, pela primeira vez para ir de férias para Vista Del Mar, Flórida. Kristen Wiig interpreta Star / Sharon Gordon Fisherman enquanto Annie Mumolo é Barb Quicksilver.

Conversamos com o talentoso elenco – Jamie, Kristen e Annie – e abaixo estão alguns trechos da conversa com o Jamie:

O quão legal foi ter aquele momento musical para você? Atores raramente ganham essas oportunidades, especialmente em uma narrativa leve para fazer aquilo. Você teve que se despir de algumas inibições?

Sim, foi. É uma daquelas coisas. O filme, como você sabe, tem muito besteirol. Todos nós estávamos cientes disso quando estávamos gravando.
Estávamos no México, nos divertindo, trabalhando com esse material que achamos muito engraçado, mas sem ter ideia se o mundo vai achar engraçado ou não. Felizmente parece que para a grande maioria, tem sido muito bem recebido.

Mas há muitos momentos insanos que você apenas, não há um parâmetro, você apenas vai com tudo. A música estava definitivamente um desses momentos onde na realidade você não poderia ter inibições. Eu estava apenas “isso apenas vai funcionar ao longo do que eu deixe ser um tipo de loucura sem pensar”. Então senti como essa grande libertação.
Novamente, talvez um lado de mim que eu não tinha mostrado antes, mas provavelmente mais próximo do que sou, e eu tenho um lado bobo. Kristen, Annie, Josh Greenbaum e toda a equipe me fizeram sentir esse lado bobo que tenho. Que eu estava no lugar certo. Que foi tipo… deixe tudo sair aqui, esse é um lugar seguro. Então foi o que eu fiz e sim, eu me diverti fazendo aquilo.

A música na praia, tantas pessoas se conectaram facilmente com ela porque lembram a elas de suas próprias adolescências. Você tem uma memória particular de uma música como aquela, que você talvez ficasse maluco no seu quarto?

Estou tentando pensar na primeira música que eu meio que me permiti sentir de certa forma. Eu lembro que a primeira música que eu soube toda letra foi “Under the Bridge” de Red Hot Chili Peppers. Lembro ficar cantando aquela música e tentando decifrar o significado do que era, e ela era meio que obscura, a letra era estranha. Estava no rádio um dia desses e parecia confusa. É oculta. Eu gostava muito de Red Hot Chili Peppers quando eu era novo; era provavelmente algo do tipo.

Tem uma banda, inglesa chamada Skunk Anansie. Não sei se eles atravessaram o oceano, mas tinham esse vocalista preta linda chamada Skin, quem a propósito fomos para a mesma universidade mas em momentos diferentes. Ela é tão linda e legal e tem essa voz forte. Eles cantavam frequentemente músicas politicamente raivosas, mas as vezes músicas de amor que também eram bastante raivosas.

Eu lembro de passar por um péssimo fim de relacionamento quando eu tinha 16, tocando Skunk Anansie e deixando tudo sair de verdade, então provavelmente foram deles (a música).

Você está nos ligando da Irlanda?

Estou no Reino Unido. Na verdade estamos embarcando para a Austrália amanhã. A família toda vai para Austrália por cinco meses e meio. Então tem muita coisa que precisamos administrar. Não dá para deixar para o último minuto então eu fui enviado todos esses documentos, todas declaração virtuais, nossos resultados do teste do COVID-19, todas essas coisas que eu literalmente estou imprimindo aqui no fundo, cerca de 70 páginas de coisas que eu preciso para viajar amanhã. Está tudo um pouco agitado, mas estamos animados.

É mais estressante pra você do que para sua esposa ou suas filhas? Elas estão animadas? O que significa para você? Você está acostumado a levar sua família?

Eu acho que fazer uma viagem como essa, estaremos lá por um tempo, por seis meses e é assustador de qualquer forma em qualquer momento. É uma grande agitação para a família e eu, de verdade, sempre estou ciente disso, que meu trabalho as vezes faz com que nós tenhamos que dar esses grandes passos.

Mas tudo meu é sobre colocar minha família em primeiro e eu nunca aceitaria um trabalho como esse se isso significasse que minha família não poderia vir junto e nós não pudéssemos fazer isso acontecer. Mas dessa vez, parece ser mais pesado devido ao ano que todos tiveram, as restrições em ordem e o que tivemos que passa para ir para Austrália. Não é apenas pegar um voo.De toda forma é uma grande viagem para a Austrália, mas quando você tem que colocar na conta todos os testes que tem que fazer, todos protocolos que tem que passar, a quarentena de duas semanas no hotel com três crianças abaixo de 8 anos quando chegar lá, toda essa coisa é uma turbulência e loucura. Muito de “é como vai ser, vamos ver como nos viramos”.

Mas estamos definitivamente animados. Eu amo os roteiros. Mal posso esperar pelo trabalho. Estou trabalhando com a HBO Max e BBC. BBC obviamente eu tenho uma longa história, com The Fall.

Eu sinto que estou em ótimas mãos e muito animado para o real trabalho e apenas animado para trabalhar. Eu fui muito sortudo de ser requerido para o filme de Kenneth Branagh no verão, mas aparte disso eu não gravei nada desde Wild Mountain Thyme, que foi no final de 2019, então estou muito animado para trabalhar.

As meninas, nossas filhas, não vão à escola há tempos. Uma vez que passarmos pela quarentena lá, é meio que uma vida normal a maior parte do tempo. Elas vão para a escola com máscaras. Para elas, isso é grandioso, então para nós, é grandioso também. Então definitivamente estamos animados. É literalmente amanhã de manhã. É quando iremos, amanhã de manhã cedo. Então sim, está um pouco corrido na casa dos Dornan nesse momento.

Todos se identificaram com aquele momento quando a pessoa que você gosta, gosta de você de volta e eles fazem coisas bobas. Você compartilhou antes que sua esposa não te notou inicialmente. Você fez algo novo para que ela te notasse?

Eu sou ruim em, você sabe, confiança com pessoas por quem eu estou atraído. Millie e eu meio que fomos colocados juntos. Nós fomos apresentados por alguém e se for assim eu me saio bem.

Se alguém fala “Hey, conheça tal pessoa” sabe? Aí eu sou ótimo! Eu estou dentro, nós podemos conversar. Eu nunca consigo fazer a coisa inicial. Millie e eu estávamos em L.A. Agora já tem 11 anos e nós fomos apresentados e eu instantaneamente soube, tipo genuinamente, que eu iria casar com ela. Eu não sei. Foi loucura. Eu apenas sabia. Eu estava tipo “meu Pai amado, eu vou casar com essa garota e estou literalmente conhecendo ela hoje à noite”.

Eu estava convencido assim como muitas pessoas pensavam dessa forma que ela não iria se quer lembrar e aqui estava eu pensando que vou casar com ela e ela provavelmente não vai nem lembrar de mim no outro dia. Foi isso o que pareceu. Nós não nos beijamos naquela noite ou ago do tipo. Mas no dia seguinte, descobrimos que estávamos no mesmo voo de volta.

Quando você percebeu que ela gostava de você também, houve um momento?

Sim. Eu decidi ir buscá-la onde ela estava porque eu estava preocupado que ela nunca fosse lembrar de mim ou que eu estivesse certo. Eu senti que eu devia me fazer memorável e eu vesti, em L.A., um suéter grosso de Natal.

Era fevereiro em Los Angeles. Eu vesti um tipo de suéter temático de Natal e eu me lembro de ver a reação dela na porta quando ela abriu e eu estava lá vestindo esse suéter estúpido e ela entendeu. Eu não sei. Eu pude ver lá que ela me entendeu, que gostava de mim, provavelmente me achou um pouco estranho, mas ela sabe que eu sou, depois de todo esse tanto de tempo e eu lembro que quando aquilo aconteceu de certa forma com ela, eu pensei “certo, isso é bom”. E tem sido ótimo desde então.

Fonte: GMA News

Tradução: Jamie Dornan Brasil (JDBR).

Abril, 2021.

Notícia postado por Bruna Fernandes